Vigilância Sanitária inutiliza produtos recolhidos do comércio

0
43

 

Foram retiradas de circulação 2,5 toneladas de alimento
O SUS Manhuaçu tem agido através da Vigilância Sanitária (VISA) e recolhido do comércio local produtos impróprios para o consumo humano. Hoje, 03, aconteceu na região da usina de compostagem de lixo, a 4ª inutilização de cerca de duas toneladas e meia de produtos que não poderiam mais estar à venda. O número é recorde.
O que foi recolhido
Conforme a coordenadora da VISA de Manhuaçu, Maria Lúcia Dutra, entre os apreendidos estão produtos sem procedência, sem rótulos e rótulos adulterados, aguardente, carnes variadas, linguiça e embutidos em geral. De acordo com Maria Lúcia, a maioria destes produtos, exceto aqueles que traziam na embalagem as datas de validade, não seria identificada com facilidade pelo consumidor. Somente uma averiguação técnica poderia checar a qualidade do produto, o que foi feito pelos agentes da VISA, assegura a coordenadora.
Os produtos seriam consumidos
Para a VISA, estes os produtos apreendidos seguramente seriam consumidos pela população. A maioria deles estava nas prateleiras do comércio em geral com preços atrativos em promoções denominadas “relâmpagos”, motivando os consumidores à compra, informa a coordenadora Maria Lúcia Dutra.
Denúncias
O número de produtos inadequados para o consumo humano está cada vez mais presente nas prateleiras. Sendo assim, é fundamental a participação da população de Manhuaçu que pode e deve fazer denúncias de irregularidades. “Quando alguém denuncia, nos ajuda no trabalho do cotidiano e protege a saúde pública, enfim, a própria saúde”, conclama Maria Lúcia Dutra, coordenadora da Visa. O telefone para denúncias é o (33) 3332 3580. Se preferir, as denúncias podem ser realizadas diretamente à VISA, à Rua Amaral Franco, em cima da Biblioteca Municipal, centro da cidade. O atendimento é de segunda à sexta-feira, de 07:00 às 18:00.
Punição
Os infratores podem sofrer as penalidades previstas para este tipo de crime contra a saúde pública. Vários processos estão em andamento e a qualquer momento, os reincidentes podem ter suas empresas fechadas.
Luiz Nascimento (Fotos: Mateus Bitencourt Vargas)

COMPARTILHAR
Artigo anteriorConvênio beneficia APAE de Divino
Próximo artigoHomenagem aos Avós no CEM
Dr. Fábio Araújo de Sá – Médico formado pela UFJF – CREMEMG: 28610 Diretor da Clínica Médica São Lourenço Membro Efetivo da Academia Manhuaçuense de Letras – Cadeira º 35 Cargos já exercidos: - Diretor de Patrimônio da APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados). - Diretor Executivo da Tv Catuaí – Canal 11 – Manhuaçu – MG - Secretário de Sáude de Manhuaçu - Chefe do Pronto-Socorro de Manhuaçu

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here