Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Doce promove oficina

0
220
Integrantes dos nove comitês das sub-bacias do Rio Doce participaram da o-ficina
Integrantes dos nove comitês das sub-bacias do Rio Doce participaram da o-ficina

O CBH – Comitê de Bacia Hidrográfica – do Rio Doce promoveu mais uma o-ficina entre seus membros, entre os dias 23 e 24, quarta e quinta-feira, em Governa-do Valadares, sede da entidade. O evento teve como objetivo principal a elaboração de um Plano de Ação Plurianual de investimentos na bacia, entre os anos de 2012 e 2015. A expectativa é de uma disponibilidade de cerca de R$ 100 milhões, oriundos da arrecadação pela cobrança e dos governos Estadual e Federal, a serem investi-dos em programas de manutenção dos comitês, recuperação e preservação dos re-cursos hídricos.

Presidente do CBH e prefeita da Valadares, Elisa Costa, secretária Joema Al-varenga e o vice-presidente Roberto de Almeida

PLANOS DE INVESTIMENTOS
O evento foi aberto pela presidente do CBH e prefeita da cidade, Elisa Costa, a secretária executiva Joema Gonçalves de Alvarenga e o vice-presidente Roberto César de Almeida. Nelson Freitas e Ludimila Rodrigues, da ANA – Agência Nacional de Águas, introduziram os assuntos a serem debatidos no encontro.
Divididos em grupos, os participantes discutiram as onze linhas de atuação do CBH Doce consideradas prioritárias, para os próximos quatro anos, e extraídas do Plano Integrado dos Recursos Hídricos. As definições apontadas pelos servidores da ANA foram confirmadas pelos membros dos comitês.
Ainda no primeiro dia, os presentes na oficina deliberaram sobre os valores a serem distribuídos em cada uma das propostas previstas no plano.
No segundo dia da oficina, os participantes definiram os critérios de hierarqui-zação das propostas. Foram estabelecidas formas de avaliação das prioridades a serem atendidas, entre os proponentes de projetos que pleitearão recursos via comi-tês. Ficaram também fixados os procedimentos e o cronograma para consolidação do Plano de Aplicação Plurianual, que resultou em uma deliberação que aprovara o PAP do CBH Doce para 2012 a 2015, a ser aprovada na próxima assembleia do comitê, prevista para o mês de março de 2012.
No final do encontro, foi promovida a quarta reunião da CTI – Câmara Técnica de Integração do CBH Doce.

(Senisi Rocha)

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA VERDADE SOBRE O MITO
Próximo artigoPrefeito de Matipó é recebido pelo Governador de Minas
Dr. Fábio Araújo de Sá – Médico formado pela UFJF – CREMEMG: 28610 Diretor da Clínica Médica São Lourenço Membro Efetivo da Academia Manhuaçuense de Letras – Cadeira º 35 Cargos já exercidos: - Diretor de Patrimônio da APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados). - Diretor Executivo da Tv Catuaí – Canal 11 – Manhuaçu – MG - Secretário de Sáude de Manhuaçu - Chefe do Pronto-Socorro de Manhuaçu

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here