“Súdito” da “Rainha do pó” é preso com mais três pessoas em São Francisco do Glória.

0
69

Paulo Cesar de Souza, conhecido como “Polonito” foi preso nesta quarta-feira na cidade de São Francisco do Glória em operação da Polícia Militar contra ações do tráfico de drogas.

No dia 01 de junho, policiais de Carangola receberam denúncia de que um veículo Fiat Uno iria a São Francisco do Glória para adquirir drogas de uma mulher suspeita de envolvimento no tráfico.

Desde as primeiras horas do dia os policiais iniciaram a operação com pontos de observação no trajeto em que o veículo poderia percorrer.

Por volta das seis horas da manhã os policiais visualizaram dois indivíduos saindo do estabelecimento comercial da supeita conduzindo um pacote. Os indivíduos embarcaram em um veículo LOGUS. Os Policiais fizeram o acompanhamento e os aboradaram próximo ao Distrito de Bicuiba. Com eles foram encontradas 04 barras de maconha, pesando aproximadamente 4 kg e uma barra de cocaína pesando 1 kg.

Durante buscas no estabelecimento comercial da suspeita não foram localizadas mais drogas, contudo verificou-se uma ligação clandestina de telefone, popularmente conhecida como “gato” e também “Polonito” que disse estar trabalhando naquele local.

Polonito era procurado pela polícia em razão do seu possível envolvimento no tráfico de drogas em Manhuaçu com a advogada presa na operação denominada “Rainha do pó II”.Contra ele havia um mandado de prisão em aberto.

Ainda durante a operação, outra equipe de policiais visualizou o veículo Fiat Uno denunciado saindo da estrada de chão de acesso São Francisco  a Carangola, e  fizeram acompanhamento do veículo, quando próximo ao antigo MOTEL COLINA, local da interceptação, o passageiro do veículo saiu correndo com um embrulho na mão e entrou  em um matagal. Durante as buscas pelo local foi localizado 01 barra de maconha pesando aproximadamente um quilo e meio e  01 tablete de cocaína de meio quilo, contudo o autor não foi encontrado. No veículo nada foi encontrado, o condutor do veiculo disse que não conhecia o indivíduo que estava ao seu lado que apenas estava dando carona.

Nesta operação quatro pessoas foram presas e autuadas em flagrante delito por tráfico de drogas

Operação Súditos da Rainha

No dia 23 de dezembro a Polícia Militar e a Polícia Civil desencadearam na cidade de Manhuaçu a operação denominada “Rainha do pó II”. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência de uma advogada no bairro Bom Pastor. Na ocasião foram apreendidos cerca de 15 kg de drogas, pasta base de cocaína, crack e diversos materiais comumente usados no tráfico de drogas. Esta operação foi em decorrência da primeira operação realizada pela pela Polícia Federal na residência da advogada em 2007 quando ela foi preso por possuir um laboratório de refino de cocaína no mesmo local.

Em fevereiro de 2011 uma nova operação, denominada “Súditos da Rainha” realizada em decorrência de documentos colhidos durante as duas primeiras operações culminou com a prisão de mais cinco pessoas nas cidades de Manhuaçu e Manhumirim envolvidas no esquema de tráfico de drogas na região.

Nesta operação foi cumprido mandado de busca e apreensão na casa de “Polonito” e havia também um mandado de prisão expedido contra ele que não foi localizado naquela oportunidade.

Na antevéspera do Natal do ano passado, equipes da Polícia Civil e Militar cumpriram mandado de busca e apreensão no apartamento de Eliane, no bairro Bom Pastor, e localizaram cerca de quinze quilos de drogas escondidas, como pasta base de cocaína, crack, dinheiro, cheques e farto material utilizado no preparo da droga.

Batizada de operação “Rainha do Pó II”, o nome da operação remonta à primeira prisão da advogada que é acusada de comandar um forte esquema de distribuição de drogas na região. Ela presa em 2007 por agentes da Polícia Federal. Na época, a advogada tinha um laboratório de refino de cocaína no mesmo local.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here